Para aqueles que desejam perder peso ou manter a boa forma, é fundamental ter suas funções metabólicas constantemente ativas. São vários os fatores que influenciam esse processo, como a qualidade do sono, a ingestão de líquidos e o estresse. A boa notícia é que a prática de atividades físicas e a alimentação adequada podem auxiliar o gasto calórico ao longo do dia.

Mas, afinal, o que acelera o metabolismo? Na maioria das dietas, o objetivo principal é estimular o consumo energético do organismo ao desempenhar suas funções. Isso porque a elevação do metabolismo atua diretamente na eliminação do excesso de gordura corporal.

Ficou interessado? Então, continue lendo o nosso artigo! Veremos a seguir quais fatores podem contribuir para que essa aceleração aconteça de maneira saudável.

O que ajuda a aceleração do metabolismo?

De fato, o processo de emagrecimento não depende apenas do que você come, mas também de como o seu organismo funciona. Alguns hábitos influenciam bastante esse funcionamento do seu metabolismo e a forma como ele impacta positivamente a perda de peso.

Vejamos, agora, o que acelera o metabolismo de maneira simples e saudável.

Praticar atividades físicas

Pular corda, correr, subir escadas, dançar, levar o cachorro para passear e caminhar são tarefas simples, mas que ajudam muito a maximização do gasto calórico. Além disso, exercícios de alta intensidade ou musculação possibilitam que esse gasto seja ainda mais eficiente, uma vez que necessitam de muita energia para serem executados.

Consumir alimentos termogênicos

O consumo de alimentos termogênicos — como gengibre, chá-verde, pimenta e canela — também exercem um papel importante na queima de gordura, pois dispõem da capacidade de provocar a aceleração do metabolismo.

Vale lembrar, entretanto, que para os resultados serem mesmo eficientes, é indispensável manter uma alimentação balanceada: com a ingestão de todos os nutrientes e a redução do consumo de alimentos ultraprocessados e ricos em gorduras.

Aumentar a frequência das refeições

Outro fator que pode contribuir para acelerar o metabolismo é aumentar a frequência alimentar. Isso porque, se o seu organismo entende que os alimentos chegam a intervalos pequenos, não sente necessidade de economizar e estocar calorias.

Assim, em vez de apenas tomar um café da manhã, almoçar e jantar, tente fracionar suas refeições, evitando que o metabolismo entre no “modo de reserva” — isto é, que reduza a sua velocidade pela escassez de nutrientes.

Quais são os riscos dos remédios e dietas milagrosas?

A busca para obter um corpo perfeito de maneira rápida e fácil pode ocasionar diversos riscos a saúde. O consumo de remédios inibidores de apetite, por exemplo, pode até proporcionar a perda de gordura, mas as chances de você recuperar esse peso são altas.

O nosso corpo é uma máquina incrível: quando você passa muito tempo sem comer, ele cria formas de estocar uma quantidade maior de gordura. No caso das dietas milagrosas, a situação não é diferente. O organismo não se preocupa com quantos quilos desejamos perder, e sim com manter as suas funções vitais — e, muitas vezes, as dietas arriscadas restringem a ingestão de alimentos e nutrientes importantes. Logo, se estiver faltando alimento, a ordem será a de economizar e estocar ao máximo.

Enfim, agora que você já sabe o que acelera o metabolismo, fica clara a importância de mudar alguns hábitos de vida e manter suas funções metabólicas funcionando corretamente, certo? Lembre-se: com moderação e sem exageros, é possível sim ter uma rotina mais saudável!

E aí, gostou das nossas dicas? Então, não deixe de compartilhar este conteúdo nas redes sociais para levá-las aos seus amigos também!