A falta de tempo, a indisposição e a desmotivação para manter uma vida ativa e saudável são características presentes na vida de muitas pessoas. Afinal, uma rotina corrida suga bastante as energias. Diante disso, como melhorar a qualidade de vida e trazer mais bem-estar ao dia a dia?

Atualmente, existem muitas ações para trabalhar a qualidade de vida, desde as mais simples, como fazer uma caminhada matinal, até as mais complexas, como investir no cuidado com a saúde mental.

Pensando nisso, elaboramos este artigo com os seis melhores passos para você incluir na sua rotina e melhorar a sua saúde. Boa leitura!

1. Pratique atividades físicas

Você já parou para pensar se você cuida mesmo do seu corpo? Além da alimentação saudável — da qual falaremos a seguir —, é preciso investir na prática de atividades físicas para garantir um aumento efetivo na qualidade de vida.

Muitas pessoas pensam que é necessário realizar somente musculação ou exercícios de força, mas isso não é verdade. A atividade física envolve caminhadas, corridas, yoga, pedaladas e natação, assim como todos os esportes — vôlei, futebol, basquete, tênis e outros.

O importante é encontrar a mais adequada de acordo com a sua personalidade e os seus gostos. Assim, você garante que realizará um exercício divertido, mantendo-se motivado a continuar.

Lembre-se de que o nosso corpo é o único instrumento que nós temos e é nossa responsabilidade cuidar dele da maneira certa para garantir qualidade de vida. Por isso, invista na prática constante, de duas à três vezes por semana, com pelo menos 30 minutos de execução.

Além disso, procure respirar com tranquilidade durante as atividades, permitindo uma boa oxigenação do cérebro e mantendo o corpo ativo e consciente para praticar os movimentos corretamente.

2. Tenha boas noites de sono

O bem-estar constante está diretamente relacionado à qualidade do sono. Existem diversos estudos na área da Psicologia e da Neurociência demonstrando como uma noite ruim de sono influencia negativamente as funções metabólicas, endócrinas, cognitivas e psicológicas.

A privação do sono causa irritabilidade, cansaço, olheiras, diminuição do metabolismo, entre outras consequências e, em casos graves, alucinações, dores crônicas e problemas de memória.

Como garantir que a sua noite será saudável? Existem algumas práticas que você pode adotar no dia a dia para favorecer o sono e deixar a insônia de lado. Confira:

  • defina um horário para dormir. Assim, o seu corpo aprende que é preciso descansar naquela hora;

  • opte por alimentos leves no jantar e na ceia, como saladas, proteínas — ovo, frango e peixe, de preferência — e iogurte natural. Com isso, você facilita a digestão e tem uma noite tranquila;

  • evite bebidas estimulantes e alcoólicas antes de dormir;

  • deixe o celular de lado pelo menos meia hora antes de deitar, permitindo que a sua mente descanse;

  • mantenha o quarto confortável, com luzes baixas e temperaturas amenas;

  • não pratique atividades físicas antes de dormir para não estimular o corpo.

3. Mantenha a mente ativa

A qualidade de vida é um fenômeno que engloba não só a saúde do corpo, mas também da mente. Para garantir que a sua vida seja saudável, é necessário investir em técnicas para equilibrar os dois.

Uma excelente forma para manter a psique funcionando bem é investir em jogos estimulantes, como jogos de cartas, palavras cruzadas e de tabuleiro, assim como a leitura constante.

Dessa maneira, você ativa o cérebro com facilidade, desenvolvendo novas habilidades cognitivas e criando hobbies diferentes na sua rotina.

Além disso, para um trabalho mais profundo, é possível trabalhar com técnicas psicoterapêuticas para reconhecer padrões, ciclos de autossabotagem e proporcionar o autoconhecimento. Com isso, você descobre mais sobre a sua personalidade e permite uma mudança intensa da sua qualidade de vida.

4. Invista na alimentação saudável

No início deste artigo, comentamos sobre a importância de ter uma boa alimentação para proporcionar bem-estar, você se lembra? Refletir sobre o que comemos é um passo extremamente importante para favorecer o desenvolvimento de uma vida saudável.

Existem diversas formas de mudar os hábitos alimentares. Você pode começar aos poucos e ir cortando pequenas quantidades de comidas maléficas ou transformar o seu cardápio de uma vez só.

Independentemente da forma, é imprescindível ingerir alimentos saudáveis, como frutas, oleaginosas, sementes, folhas verdes, legumes, saladas variadas, carboidratos controlados e proteína — seja de origem animal ou não. Além disso, para garantir mais efetividade na sua reeducação alimentar, faça refeições a cada três horas, evitando ao máximo pular os lanches, almoços e jantares.

Tenha em mente que o importante é desenvolver hábitos saudáveis e encontrar o equilíbrio na alimentação. Por isso, procure não cortar completamente as comidas de que você gosta, só tome cuidado para não exagerar.

O ideal é criar um sistema de recompensas para condicionar o seu metabolismo. Por exemplo, a cada semana que você se alimentar bem, você tem direito a um dia de besteiras, fugindo da rotina completamente. Agora, se não seguir corretamente, não terá esse dia.

Por fim, se a mudança nutricional for muito difícil para você, é sempre possível procurar um profissional qualificado para realizar um acompanhamento de qualidade e montar um plano alimentar perfeito para ajudar você a atingir os seus objetivos.

5. Pratique meditação

O estresse, a indisposição, a falta de motivação e o cansaço podem ser combatidos com a meditação. Isso porque, ao relaxar o corpo e deixar a mente fluir, você reduz a pressão arterial, controla os batimentos cardíacos e oxigena mais o corpo, esquecendo os acontecimentos que geram ansiedade.

Aqui, a meditação não se trata de não pensar em nada. Muito pelo contrário: é um momento de foco e concentração. O indicado é prestar atenção na respiração, sentindo o ar quente entrar e o ar frio sair sempre pelo nariz.

No mais, você pode optar pela posição que mais lhe traz conforto, podendo ser sentado no chão, deitado na cama ou em pé. Tenha em mente que o importante é deixar o corpo relaxar e evitar os pensamentos negativos substituindo-os por memórias agradáveis.

Para facilitar esse momento, montamos um passo a passo de como realizar uma boa meditação e acalmar o corpo. Veja:

  • escolha um local agradável para iniciar. Pode ser na natureza ou dentro de casa;

  • coloque uma música tranquila e instrumental de fundo, de preferência com batidas leves e alegres;

  • encontre uma posição confortável para ficar e feche os olhos;

  • inicie a meditação com as duas mãos no ventre inferior — logo abaixo do umbigo —, sentindo o ar entrar e sair pelas narinas, respirando profundamente;

  • quando a respiração estiver calma, preste atenção na música e relaxe;

  • assim que se sentir melhor e tranquilo, abra os olhos e alongue o seu corpo, esticando os braços, o tronco e as pernas para finalizar.

Com essas pequenas instruções, você já sentirá uma grande diferença na sua vida. Lembre-se de escolher um bom horário para praticá-la diariamente, de preferência sem interrupções, garantindo melhores resultados e uma vida mais feliz.

6. Aposte no contato com a natureza

A rotina corrida, na maioria das vezes, tira as pessoas do contato com a natureza. Cercados de trabalhos urbanos e vidas de escritório, o ser humano teve que deixar de lado os prazeres de presenciar a natureza.

Contemplar as belezas naturais, como as praias, as árvores e os parques é fundamental para liberar o estresse e a ansiedade que prejudicam a qualidade de vida. Por isso, sempre que sentir necessidade, saia para dar uma breve caminhada ao ar livre, respirando profundamente para relaxar ainda mais.

Assim, você mantém o corpo ativo e, ainda, permite que os seus sentidos fiquem aguçados, diminuindo o cansaço e renovando as energias.

Proporcionar mais qualidade de vida não precisa ser um grande desafio. Investindo na prática de atividade física, alimentação saudável, técnicas de meditação e relaxamento, ativação da mente e contato com a natureza, você desenvolve uma vida saudável e cheia de energia.

Gostou do nosso conteúdo e conhece amigos que gostariam de melhorar a sua qualidade de vida? Então, compartilhe este artigo nas suas redes sociais e ajude-os também!